Tuesday, April 11, 2006

Que política de destruição? E como destruir a política?

"Não há acto mais livre do que a destruição dos bens que me prometem em troca da minha escravidão"
cartaz de Paris, 2006

No próximo sábado às 15h, dia 15, o MONTE propõe uma conversa sobre destruição enquanto acção política. Com o título «dos luditas aos trogloditas» queremos atravessar os últimos dois séculos, através de actos de destruição desenvolvidos no contexto de revoltas, manifestações, lutas sindicais, insurreições e outros estrilhos, para poder chegar à “escumalha” de Paris, aos “violentos” das manifestações, aos “insurrecionalistas” italianos, aos grevistas “incendiários” de Cádiz.

O que é que os operários destruidores de máquinas no séc. XIX inglês têm a ver com mitralhada francesa de Novembro passado? São estes últimos herdeiros de alguma coisa? Que raiva tinham ambos? Que organização tinham? Que programa tinham? Destruir máquinas, queimar caros e escolas revela um programa? Que discursos produziu o poder sobre uns e outros? Que política de destruição? E como destruir a política?

Sunday, April 09, 2006

A destruição até 16 de Abril.